Noticias

Qualidade de vida e sucessão rural são apresentados em evento

01 Dec, 2018

A produção de alimentos para o consumo, gestão da propriedade, energias alternativas, bovinocultura de leite e sucessão familiar foram temas abordados no Dia de Campo realizado na terça-feira (27/11), na comunidade de Esquina União, município de São Pedro do Butiá. O evento é uma das atividades do Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar (PGSAF), coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) e executado pela Emater/RS-Ascar.

O dia de campo, realizado na propriedade da família de Otmar Bratz, reuniu em torno de 60 pessoas, entre agricultores integrantes do PGSAF e do Plano Socioassistencial, além de técnicos e lideranças. “O evento objetivou promover ações de inclusão social e produtiva, bem como a defesa e garantia de direitos das pessoas que vivem no meio rural, na perspectiva de contribuir para a promoção do desenvolvimento social, da cidadania e qualidade de vida e também mostrar a organização da propriedade inserida no Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar”, destaca a extensionista da Emater/RS-Ascar, Marlene Jacinta Anschau.

A família participa do Programa e tem fontes de renda na bovinocultura de leite, suinocultura, soja, milho e alimentos para o autoconsumo. Outro destaque é a sucessão familiar, sendo que os três filhos permanecem na propriedade e desenvolvem as diferentes atividades de forma harmoniosa com seus pais. A mesa farta de alimentos exposta na estação da Segurança e Soberania Alimentar, assim como as demais estações, demonstraram a organização e o empenho da família em relação à qualidade de vida da família. "Estou muito agradecido a todos que vieram na nossa propriedade, nunca imaginei que pudesse ter algo para mostrar às pessoas, mas que bom que vieram e se puderam tirar alguma coisa de exemplo ficamos muito felizes. Precisamos cada vez nos preocupar mais em ter alimentos de qualidade e produzir para não precisar comprar no supermercado, sabendo o que estamos comendo e passar isto também para os filhos, assim como nossos pais nos ensinaram", ressaltou Otmar.

Gestão, Soberania Alimentar e Tecnologias de Produção

Divididos em grupos, os participantes percorreram três estações temáticas. Na primeira, as extensionistas sociais da Emater/RS-Ascar, Marlene Anschau e Lisete Primaz, abordaram o papel da produção de alimentos para autoconsumo. Marlene destacou a importância do cultivo de alimentos em hortas para o consumo das famílias, o processamento de produtos na propriedade, bem como o uso da água, temperos e chás. "Em um pequeno espaço podemos ter uma grande diversidade de alimentos”, frisou. Já Lisete ressaltou sobre a importância da sucessão familiar e de os pais oportunizarem a inserção dos jovens nas discussões da gestão familiar e, assim, permanecerem na propriedade.

Em outra estação, sob a orientação dos extensionistas da Emater/RS-Ascar, Olir Donato Vier e Gilmar Francisco Vione, os temas abordados foram gestão da propriedade, bovinocultura leiteira e homeopatia. Os agricultores acompanharam orientações sobre ferramentas de gestão das atividades, visando contribuir na melhoria da renda das famílias, bem como auxiliar na tomada de decisões sobre o futuro da propriedade. Outro tema abordado nesta estação foi o uso da homeopatia, enaltecendo a experiência da família Bratz na prevenção e controle de mastite e carrapatos.

Manejo de pastagens e irrigação foram os temas da terceira estação, coordenada pelos extensionistas da Emater/RS-Ascar Marco André Junges e Joney Cristian Braun. Receberam destaque a irrigação como ferramenta para garantir a produção de pasto, manejo do pastoreio e fornecimento de água e sombra, com vistas ao bem-estar para os animais.

Além disso, junto ao biodigestor caseiro implantado pela família com orientação da Emater/RS-Ascar, os agricultores puderam observar e receberam informações sobre a produção de biogás para abastecimento familiar.

Ao final das atividades, os participantes se reuniram no clube da comunidade, onde houve pronunciamento de autoridades, apresentação de trabalhos realizados pela Cresol e almoço patrocinado pela cooperativa de crédito.

O Dia de Campo foi promovido pela Emater/RS-Ascar, com apoio da Prefeitura de São Pedro do Butiá, Centro de Referência em Assistência Social (Cras) e Câmara Municipal de Vereadores. Entre as autoridades presentes esteve o gerente regional da Emater?RS-Ascar, Ademir Renato Nedel, e lideranças do município, como o secretário municipal da Agricultura, Noé Hilgert.

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar - Regional Santa Rosa
Jornalista Deise A. Froelich

Anunciantes